pt
Estão a ver? Conseguem ver esta “foto”? Pois, na realidade não é bem isto!!! Obra baseada num conjunto de ideias soltas, que tentam convergir para algo que não tem necessariamente de ser representativo de uma ideia  preestabelecida.

en
Do you see it? Can you see this “picture”? Yeah, it’s actually not quite this!!! Work based on a set of loose ideas, which try to converge into something that doesn’t necessarily have to be representative of a pre-established idea.

Read More

pt
Sim, parecia mais um daqueles dias de chuva, típicos de um inverno dos quais só tenho uma memória muito vaga, quando os invernos eram mesmo a sério. Aquelas tardes inteiras a chover, que acabavam inevitavelmente com uma enxurrada vinda da serra, que fazia o rio transbordar, deixando-nos isolados por um ou mais dias, sem conseguir sair de casa. E hoje, passados estes anos todos, recordo-me que na altura tinha sempre a sensação de que poderia ser ainda pior. Acho que devido ao barulho ensurdecedor do rio pela encosta abaixo, em certa parte, mas principalmente devido ao frio gélido e muito desconfortável desses dias, típicos de um inverno dos quais só tenho uma memória muito vaga.

https://linoguerreiro.com/2020/02/28/clouds/

en
Yes, it seemed more like one of those rainy days, typical of a winter of which I only have a very vague memory, when the winters were really Winters. Those entire rainy afternoons, which inevitably ended with a downpour from the mountains, which made the river overflow, leaving us isolated for one or more days, without being able to leave home. And today, after all these years, I remember that at the time I always had the feeling that it could be even worse. I think that due to the deafening noise of the river down the slope, in part, but mainly due to the freezing and very uncomfortable cold of those days, typical of a winter of which I only have a very vague memory.

Read More