Princípios do Compositor-Produtor: a tecnologia no ensino da composição no séc. XXI

Os avanços nas últimas décadas das tecnologias da informação e computação têm operado mudanças na socie- dade contemporânea idênticas e de igual significância às da época da revolução industrial. Nos dias de hoje, os meios digitais e a computação estão presentes em todas as esferas da nossa vida. Todos os instantes da nossa exis- tência podem ser relacionados a um qualquer contexto de um click digital. Deste modo, e mesmo com grande esforço devido à sua natural parcimónia institucional, a educação cada vez mais utiliza as ferramentas digitais nos seus processos. Como no passado, a ‘tecnologia’ da notação musical, do lápis e do papel foram indispensáveis à criação da atividade e profissão de compositor, nos dias de hoje o mesmo acontece com as ferramentas digitais e diferentes softwares. Neste artigo apontaremos como nos dias de hoje, as naturais mudanças da prática e profissão de compositor obrigam ao domínio de certas ferramentas digitais, e como a sua proficiência e uso deverão fazer parte do ensino formal da composição.