destaque/featured

“Less but not Last” no Congresso Mundial de Saxofones, Zagreb

“Less but not Last” in Zagreb World Saxophone Congress

10 – 14/07/2018

Tenor Saxophone Index

World Saxophone Congress Zagreb

mixEnsemble

(…) como filosofia servir a música e os artistas, dentro de diferentes contextos musicais, para os mais variados fins (…)


Direção Artística/Produção: Lino Guerreiro

Mestrado em Composição, pela Escola Superior de Música de Lisboa, sob orientação do compositor António Pinho Vargas. Mestrado em Ensino da Música na área da Composição. Professor de Teoria e Análise Musical e de Música de Câmara, na Metropolitana (Escola Profissional), professor de Análise e Técnicas de Composição e de Música de Câmara no Conservatório de Música D. Dinis. Colabora com “AVA Musical Editions”, “Rossio Music Publishing” e “SCOMEGNA, Edizioni Musicali s.r.l.“.


Direção Artística/Produção: Valter Rolo

Curso de Piano pela Escola de Jazz do Barreiro, com os professores Bruno Santos, Mário Delgado, João Maurílio e Jorge Moniz. Diretor artístico dos projetos, Bigband de Setúbal, Suave Azul Ensemble, Paulo Ribeiro, Recantos da Alma. Professor de piano na Escola de Jazz do Barreiro. Já colaborou com projetos e artistas como, Paulo de Carvalho, Simone de Oliveira, Carlos Guilherme, Dulce Pontes, Beto, Rita Guerra, Anjos, Lena D’água, Herman José, Fernando Tordo, Carlos do Carmo, Maria Anadon, Laura D’Alma, Anabela, Vânia Fernandes, Inês Duarte, e artistas internacionais como Buena Vista Social Club, Riverdance, Enigma.


Produção/Gravação: João Portela


Management/Booking:

Filipe Cordeiro / +351 913 573 793 / filipe_cordeiro@live.com.pt


mixEnsemble – site

mixEnsemble – facebook

 

 

Projeto Michel Giacometti

 

pt

Na génese deste trabalho duas vontades se cruzam, a criação de um “objecto” promotor da identidade cultural Portuguesa e o desafio da procura da modernidade. O Cancioneiro Popular Português, de Michael Giacometti e Fernando Lopes Graça serviram de base para a recolha dos temas apresentados no disco, coabitando nestes a essência genuína da música popular e de novas abordagens estilísticas, denotadas nas orquestrações de Lino Guerreiro. O “Projeto Michel Giacometti” é um trabalho de parceria entre o Quarteto ARTEMSAX e o compositor Lino Guerreiro.

en

The Portuguese cultural identity and a new and contemporary musical approach are the two main ways that this work tries to link. The Portuguese popular songbook (Cancioneiro Popular Português), by Michel Giacometti and Fernando Lopes Graça, is the genesis of this disc and the research object, used to select the musical themes, where, now, it is possible to listen the crossover between the tradition and the modernity, with the new and fresh orchestrations by Lino Guerreiro. “Projeto Michel Giacometti” is a partnership between ARTEMSAX Quartet and the composer Lino Guerreiro.


“Este projeto GIACOMETTI inscreve-se num gesto artístico que me faz sentir e compreender melhor o meu país. Por trás dos falares dos saxofones, que arrastam consigo vozes profundas e batidas nas peles curtidas, ecoam nas múltiplas paisagens, ou os recitativos de contadores, ou os sopros e os suspiros de quem trabalha ou o matraquear dos teares. Quando ouvimos este quarteto acabamos por gostar mais de nós próprios ao reconhecermos que fazemos parte de um povo em constante mutação por influência cultural de outros migrantes e de outros artistas que nele se inspiraram e inspiram. Afinal o passado está bem presente. Continua a soprar delicadamente nos poros dos nossos afetos e com essa brisa levar-nos numa gratificante viagem.”

João Brites, Fundador e diretor do Teatro “O Bando”


“Os ouvintes poderão entabular viagens imaginárias entre essas duas realidades: as gravações de Giacometti e as versões criativas do compositor Lino Guerreiro e Artemsax, pertencentes a este momento histórico e, desse modo, encontrar dois mundos fundidos num só acto de criação: o mundo actual e uma homenagem à recolha do património existente.”

António Pinho Vargas, Compositor


Management/Booking:

Lino Guerreiro / +351 966 703 106 / linoguerreiro@me.com


 Projeto Michel Giacometti – site

 Projeto Michel Giacometti – facebook

ARTEMSAX – site

O Saxofone Pedagógico/The Educational Saxophone/Le Saxophone Pédagogique

pt

Vivemos num mundo onde o “TEMPO” é um bem cada vez mais valioso, no contexto de uma vida agitada, cheia de atividades, com horários complicados. Pensámos que seria interessante criar uma ferramenta de trabalho que viesse ajudar quem quer dar resposta aos compromissos que tem, com confiança e tranquilidade, falamos da aprendizagem do saxofone, claro!

Este livro está estruturado e pensado para o aluno que quer evoluir e precisa de gerir bem os seus horários. Tanto os capítulos temáticos como as catorze lições foram concebidas numa perspetiva de educar o aluno no seu treino individual e simultaneamente proporcionar uma aprendizagem eficaz, progressiva e inteligente, utilizando os mesmos recursos para finalidades distintas, na esperança de contribuir para uma sólida evolução técnico-artística e de preparar o aluno para a etapa seguinte, onde saber estudar e gerir o tempo é uma grande mais-valia!

O Saxofone Pedagógico foi concebido para estudantes de nível preparatório, nomeadamente para o início do 3º ciclo do ensino básico.


en

We live in a world where “TIME” is an increasingly valuable commodity, therefore in the context of a busy life, full of activities and busy schedules, we thought it would be interesting to create a tool that would help people who are wanting to respond to their commitments with confidence and composure, we speak of learning the saxophone, of course!

This book is structured and designed for the student who wishes to evolve and needs to manage their time more effectively. Both the thematic chapters and the lessons are designed to educate the student at an individual level whilst simultaneously providing progressive, intelligent and effective learning through using the same resources for different purposes. We therefore hope to contribute to a solid technical and artistic development and to prepare the student for the next level by knowing how to study and manage their time, which can be invaluable!

The Educational Saxophone is intended for preparatory level students.


fr

Nous vivons dans un monde où le “TEMPS” est un bien de plus en plus précieux, dans le contexte d’une vie bien remplie, pleine d’activités, parfois complexes. Nous avons pensé qu’il serait intéressant de créer un outil qui aiderait tous ceux qui souhaitent répondre à leurs engagements, avec confiance et tranquillité d’esprit. Nous parlons de l’apprentissage du saxophone, bien sûr!

Ce livre est structuré et conçu pour l’étudiant qui veut évoluer et qui a besoin de bien gérer son temps. Les chapitres thématiques et les quatorze leçons sont conçus selon une perspective de l’éducation de l’élève, pour sa formation individuelle et, simultanément, pour lui fournir un apprentissage efficace, progressif et intelligent, en utilisant les mêmes ressources à des fins différentes. Nous espérons contribuer à une évolution technique et artistique solide et à préparer l’élève à l’étape suivante, où la grande plus-value sera de savoir étudier et gérer le temps!

Le Saxophone pédagogique est conçu pour des étudiantes du niveau préparatoire.


Comprar/Buy : 

AVA Musical Editions


O Saxofone Pedagógico/The Educational Saxophone/Le Saxophone Pédagogique – site

O Saxofone Pedagógico/The Educational Saxophone/Le Saxophone Pédagogique – facebook

 

parallax 88

(para 2 percussionistas e ensemble / for 2 percussionists & ensemble)


pt

(…) é uma obra num só andamento, que nasce do contacto, da experiência e da reflexão, acerca do conceito da música minimal, (…)

en

(…) is a work in one movement, born of contact, experience and reflection, about the concept of minimal music, (…)

 

d’As Fábulas de La Fontaine

 (para quarteto de sopros e orquestra / for woodwind quartet & orchestra)


pt

Sobre as qualidades e defeitos de todos nós, contam-se histórias de moral. Mas porque o Homem é um ser complicado, inventou-se a fábula, para ilustrar comportamentos que se revelam mais simples se forem protagonizados por personagens animais. Sejamos crianças ou crescidos, todos percebemos o falso desdém da raposa por debaixo de umas uvas deliciosas, as quais deseja mas não alcança. Reconhecemos a imprudência da Doninha que se deixa apanhar gorda na despensa da comida, quando sabia poder fugir se fosse capaz de vencer a gula. Quantas vezes lembramos a constância da tartaruga e o precavido zelo da formiga? São pequenas narrativas como estas que devemos a Esopo, ainda dos tempos da Grécia Antiga, e mais tarde a Jean de La Fontaine, que já no século XVII lhes destinou uma popularidade verdadeiramente universal. (…) sendo esta a minha  abordagem musical, que tenciona acima de tudo ser sóbria.

en

About the qualities and defects of all of us, we are told stories of morals. But because man is a complicated being, the fable has been invented to illustrate behaviors that are simpler if they are played by animal characters. Let us be children or grown-up, we all perceive the fool’s false disdain beneath some delicious grapes, which he longs for but does not reach. We recognize the recklessness of the Ferret that lets herself get fat in the food pantry, when she knew how to escape if she could overcome gluttony. How many times do we remember the constancy of the tortoise and the zealous care of the ant? They are small narratives like these that we owe to Aesop, still from the times of Ancient Greece, and later to Jean de La Fontaine, who already in the seventeenth century gave them a truly universal popularity. (…) being this my musical approach, which intends above all to be sober.

Venit Shaloomoh

 (orquestra de sopros/concert band)


pt

(…) e assim numa noite escura e quente, enquanto um desespero se apoderava de mim, enquanto um fado se instalava na promessa de um outro fado cumprir, chegou por fim, como num sopro igualmente quente, veio shaloomoh (…)

en

(…) and so on a dark and warm night, while a despair seized me, while a fate settled upon the promise of another fate to fulfill, it came at last, as in an equally warm breath, came shaloomoh (…)