pt
Trata-se de uma suite baseada em temas tradicionais de diversos países, aqui apresentada mais ou menos ao estilo do concerto grosso, do período barroco. Assim figura o quarteto de clarinetes the concertino, e a orquestra de sopros the ripieno.

en
A suite based on traditional themes from various countries, here presented more or less in the style of the concerto grosso, from the baroque period. So appears the clarinet quartet the concertino, and the concert band the ripieno.

Read More

pt
A música do meu país é a que mais “mexe” comigo. Se refletir sobre esta afirmação, dou por mim num estado “criador” completamente indissociável das raízes culturais do meu país. Esse estado leva-me a ter um carinho muito especial por esta obra, que nasceu num gesto impetuoso, que teve a sua origem numa série de temas tradicionais portugueses. Interlace achou-se como o título mais adequado a esta quantidade de relações “artísticas” intemporais, sendo ao mesmo tempo um anagrama de Clarinete, o instrumento em destaque nesta obra.

en
The music of my country is very special to me. When I reflect on this statement, I find myself as a “creator” completely inseparable from the cultural roots of my country. This mood leads me to have a very special affection for this work, which was born in a fiery gesture that had its origin in various traditional Portuguese themes. Interlace was found to be the most appropriate title for this amount of timeless “artistic” relations, being at the same time an anagram of Clarinete, the instrument featured in this work.

Read More

pt
Olhando para a frente e para trás, à procura de um equilíbrio, entre o quê ?! Não posso aceitar a distância. Obra para clarinete baixo solo e grupo de câmara. Dedicada ao clarinetista Luís Gomes, e ao Grupo de Música Contemporânea de Lisboa.

en
Looking back, looking forward, seeking balance, between what ?! I can’t accept distance. Work for bass clarinet solo & chamber ensemble. Dedicated to the clarinetist Luís Gomes, and “Grupo de Música Contemporânea de Lisboa”.

Read More

pt
A obra assenta numa das mais fortes influências musicais que tenho, a música do Norte de Africa, possível de descrever das mais diversas formas. O resultado obtido é proveniente do cruzamento dessa influência com a ideia particular que tenho acerca do músico singular para quem a obra é escrita e dedicada, Luís Gomes.

en
This piece is based on one of the strongest musical influences that I have, the music from North Africa, possible to describe in many different ways. The result is derived from this influence with the particular idea that I have about the singular musician for whom the work is written and dedicated, Luís Gomes.

Read More

pt
Não tenho grandes memórias acerca da ideia conceptual que está na base desta obra. Apenas me consigo lembrar de “frases soltas”, “palavras soltas”. Depois, esse material, foi alvo de inúmeras abordagens e proliferações, dando origem a esta música mais ou menos “solta”. Obra dedicada ao Grupo de Música Contemporânea de Lisboa (GMCL).

en
I don’t have great memories about the conceptual idea of this piece. I just remember “loose sentences”, “loose words.” That material was the subject of numerous approaches and proliferation, giving rise to this music, more or less “lost”. Work dedicated to Grupo de Música Contemporânea de Lisboa (GMCL).

Read More