Orquestra de Sopros e Voz

pt

Numa simbiose entre diversos dos nossos “CantAutores”, e a Orquestra de Sopros, enquanto grupo de tradição do nosso país, apresento-vos algum do repertório que tenho arranjado, ao longo dos últimos anos.


por autor

Fernando Tordo
Adeus Tristeza
Balada para os nossos Filhos
Café
Cavalo à Solta
Estrela da Tarde
Novo Fado Alegre
Só ficou Amor por Ti
Tourada
Para te dar Abrigo
Jorge Palma
Dá-me Lume
Deixa-me Rir
Encosta-te a Mim
Estrela do Mar
Frágil
Imperdoável
Na Terra dos Sonhos
O Bairro do Amor
Portugal, Portugal
Miguel Gameiro
A Dança
Amanhã
Aprender a ser Feliz
Deixa o Mundo Girar
Grito
Lisboa
O Amor É
Pura Inocência
Se eu voltasse Atrás
Vou para Longe
Paulo de Carvalho
Dez Anos
Lisboa Menina e Moça
Mãe Negra
Meninos do Huambo
O Homem das Castanhas
Os Putos
Um Beijo à Lua
Vai-se Andando
Rita Guerra
Brincando com o Fogo
Gostar de Ti
No meu Canto
Sentimento
Volta
Chegar a Ti
Sérgio Godinho
Com um Brilhozinho nos Olhos
Cuidado com as Imitações
É tão Bom
Grão da mesma Mó
Liberdade
O Acesso Bloqueado
O Charlatão
O Coro das Velhas
O Elixir da Eterna Juventude
O Primeiro Dia
Quatro Quadras Soltas
Tipo Contrafacção
Virgem Suta
A Lei
Algo ficou ao passar Dela
Anjo em Descenção
Aquela Varanda
Beija-me na Boca
Dança de Balcão
Dia Sim
Eu Sou Feliz
Feio
Ficou tanto por Dizer
Homem do Mundo
Linhas Cruzadas
Maria Alice
Menina Princesa
Mula da Agonia
Não sou deste Lugar
O Galdério
Regra Geral
Ressaca
Tomo conta desta tua Casa
Vovó Joaquina