pt
(…) é uma obra num só andamento, que nasce do contacto, da experiência e da reflexão, acerca do conceito da música minimal, (…)

en
(…) is a work in one movement, born of contact, experience and reflection, about the concept of minimal music, (…)

pt
Olhando para a frente e para trás, à procura de um equilíbrio, entre o quê ?! Não posso aceitar a distância. Obra para clarinete baixo solo e grupo de câmara. Dedicada ao clarinetista Luís Gomes, e ao Grupo de Música Contemporânea de Lisboa.

en
Looking back, looking forward, seeking balance, between what ?! I can’t accept distance. Work for bass clarinet solo & chamber ensemble. Dedicated to the clarinetist Luís Gomes, and “Grupo de Música Contemporânea de Lisboa”.

pt
O virtual, a transformação e a essência numa desconstrução do processo criativo, onde a participação do real é exercida de forma livre, e quando necessária.

en
The virtual, the transformation and the essence, with a deconstruction of the creative process, where the participation of the real is exercised freely, and when required.

pt
A interacção, o diálogo, a forma como em determinada circunstância a nossa reacção ao sucedido é diferente. A resposta certa, a pergunta certa, (…) a adopção do discurso, a fundamentação, a justificação (…)

en
The interaction, the dialogue, the way in certain circumstances our reaction to what occurred is different. The right answer, the right question, (…) the adoption of speech, the reasoning, the justification (…)

pt
Não tenho grandes memórias acerca da ideia conceptual que está na base desta obra. Apenas me consigo lembrar de “frases soltas”, “palavras soltas”. Depois, esse material, foi alvo de inúmeras abordagens e proliferações, dando origem a esta música mais ou menos “solta”. Obra dedicada ao Grupo de Música Contemporânea de Lisboa (GMCL).

en
I don’t have great memories about the conceptual idea of this piece. I just remember “loose sentences”, “loose words.” That material was the subject of numerous approaches and proliferation, giving rise to this music, more or less “lost”. Work dedicated to Grupo de Música Contemporânea de Lisboa (GMCL).